A Hortaliça

venha ver freguês, nabos e grelos das melhores proveniências, paga ao molho leva três!

Friday, October 21, 2005

Amo-te Arnaldo

Hoje fiz um poema para o meu Arnaldo:
És o rei da minha vida
na rua, em casa, na cama,
gosto quando me dizes
que eu sou a tua dama.

Dama é o mesmo que senhora,
sou a tua bela princesa
tu és um macho poderoso
tem-la sempre pronta e tesa.

Dás-me duas ou três seguidas
meu amor, meu Arnaldo,
por frente, de lado, por trás,
fodes-me por todo o lado.

Sou a mulher mais feliz,
das mulheres cá do bairro
ando a pé mas bem fodida
que importa se não tens carro?
Grelícia

4 Comments:

At 10:28 AM, Blogger ABA said...

este poema é um fresco, cara Grelícia!

 
At 9:02 AM, Anonymous Anonymous said...

Ainda bem que lhe agradou, aba! O "meu" Arnaldo merece!
Grelícia

 
At 5:33 PM, Blogger Unknown said...

Me parece que o Arnaldo treinou com os Espartanos.

 
At 9:21 AM, Anonymous Anonymous said...

You will find very useful knowledge at www.tm.org, www.permanetpeace.org, www.mum.edu, www.doctorsontm.org.

 

Post a Comment

<< Home